Tuesday, July 03, 2007

Polítika



Há milênios o homem disse de si que é um animal, um ser Político, e que seu destino é construir seu mundo, no qual, pelo exercício pleno da palavra, da razão e do seu intelecto, ordenará todas as coisas segundo o melhor, o bem e o belo. E tudo o que o homem foi capaz de dizer de si se cumpriu, porém agora, além disto e do que a palavra expressa, corre feito cardume, a voracidade comercial publicitária, que consome a língua humana , e inunda de obscuridade o intelecto e oblitera a razão, que interdita o exercício livre da política e da construção do mundo segundo o melhor, o bem e o belo. É preciso dizer do homem aquilo que o homem não pode dizer pela palavra, é preciso saber pelo homem aquilo que ultrapassa seu mundo, para lá, nesse não-lugar, inominável, saber apenas ouvir.

1 comment:

  1. Hola, Mauro. Muchas gracias por tus comentarios. Para mi es importante que alguien entregado a la pintura reconozca ese rinconcito, que voy edificando con tanto mimo y tanto respeto.

    Es un honor tu propuesta de conocernos personalmente. Lo cierto es que ahora mismo no puedo moverme de mi localidad, debido a mi negocio, que me absorbe tanto. Pero quizá en diciembre esté más libre, pues de aquí a final de año pretendo dejarlo... Aunque todavía es pronto para decirlo. De todas formas, estamos en contacto y hablamos cuando se acerque más esas fechas, ¿te parece?

    Un abrazo.

    ReplyDelete