Thursday, March 19, 2009

África


“ Aprende a escutar o silêncio,
diz a velha África, e descobrirás o que é música.”

Amadou Hampâté Bâ
Trata-se, sem dúvida alguma, de uma difícil tarefa, senão, quase impossível, a de remover nossos condicionamentos tão solidamente estruturados, há tanto tempo forjados, para adentrar num universo onde deuses e homens caminham num mesmo espaço. Este é o dilema e o abismo da ciência contemporânea, enquanto contempla as luzes que lhe mostraram como alcançar o domínio sobre a matéria, permanece cega para as luzes que brilham para além dela.
No universo tradicional da África antiga “tudo fala, tudo tem voz, tudo procura nos comunicar um jeito de ser misteriosamente fecundo” ressalta Hampâté Bâ.
A verdade é que devemos nos tornar capazes de ouvir antes de pensarmos acerca de qual é a categoria a que pertence aquele ou este objeto, na medida em que ele é, além de sua aparência, a expressão sensível de um todo que é manifesto para o artista.

2 comments:

  1. Últimamente he leído un libro titulado "La Fórmula de Dios". En él la Ciencia y la Fe se dan la mano y su autor habla de una Verdad universal oculta en las más antiguas enseñanzas, en la raíz de todas las creencias. Me hiciste recordar ese argumento.

    ReplyDelete
  2. Muito bom Mauro!
    Gostei muito!
    Como estão as coisas?
    O phronesis está batendo recordes de visitas.
    De uma olhada no texto sobre luz e iluminação que escrevi.
    Abraços e sucesso

    ReplyDelete